Fundação Telefônica Vivo promove ampla discussão sobre o comportamento do jovem e cultura digital

20 de setembro de 2016

A quarta edição do Circuito Reflexão, Interação e Ação (R.I.A) foi idealizado com a ajuda de jovens de 15 a 29 anos e vai explorar o poder da empatia como recurso para resolução de conflitos e como eles podem ser protagonistas de sua geração

Durante o evento, serão divulgados os resultados da segunda edição da pesquisa “Juventude Conectada” que mostra o perfil desses jovens em quatro pilares fundamentais: Ativismo, Comportamento, Educação e Empreendedorismo.

São Paulo, 20 setembro de 2016 – Nesta quarta-feira (21), a partir das 9h, será realizado no Espaço Catavento Cultural, em São Paulo, a 4ª edição do Circuito Reflexão, Interação e Ação (R.I.A.) que também será transmitido ao vivo por streaming fundacaotelefonica.org.br/ria2016. Realizado pela Fundação Telefônica Vivo, com o tema “Como empatia e protagonismo podem gerar mudanças sociais”, o evento marcará a divulgação da segunda edição da pesquisa “Juventude Conectada” que revela a evolução das atividades dos jovens na Internet nas frentes de comportamento, educação, empreendedorismo e ativismo.

Especialistas como Márcia Tiburi, Egard Gouveia, Luciano Meira e o americano Dale Stephens vão falar sobre a empatia como recurso para resolução de conflitos, o respeito a visões de mundo diferentes, além de linguagem de programação e projetos de empreendedorismo social. Este ano, o R.I.A foi idealizado a partir de um processo de cocriação, que envolveu um grupo de jovens, entre 15 e 29 anos, de todas as regiões do país.

“Ao reunir jovens que utilizam a tecnologia para dar voz a suas ideias com especialistas, comunicólogos, acadêmicos, empreendedores, makers e psicólogos queremos inspirar o protagonismo jovem voltado à transformação social”, afirma o diretor-presidente da Fundação Telefônica Vivo, Americo Mattar.

Pesquisa Juventude Conectada

Realizada em parceria com o Ibope Inteligência e Instituto Paulo Montenegro, a pesquisa Juventude Conectada teve a primeira edição divulgada em 2014. A mostra abrange um público de 1.440 jovens entre 15 e 29 anos de todas as regiões e classes sociais, divididos em três categorias que levam em consideração o nível de conectividade – explorador inicial, intermediário e avançado.  Eles respondem a um amplo questionário investigativo sobre como utilizam a internet, a partir de quais dispositivos, com quais objetivos e como formam ou não vínculos na rede.

A pesquisa estará disponível, a partir de 21/09, para download em: fundacaotelefonica.org.br/acervo

No evento, também será divulgado o documentário “Juventude Conectada” dirigido por Luiz Bolognesi, codirigido por Fabiano Maciel e com produção de Laís Bodanzky e da Buriti Filmes, correalizada pela Fundação Telefônica Vivo, que está dividido em quatro episódios – “Ativismo”, “Comunicação Democrática”, “Empreendedorismo” e “Educação’.

O documentário estará disponível, a partir de 21/09, no youtube da Fundação:

youtube.com/fundacaotelefonica

Programação e perfil dos painelistas – fundacaotelefonica.org.br/programacao-ria2016/

fundacaotelefonica.org.br/convidados-ria2016/

9:00 – 9:15  Abertura do evento com Americo Mattar, Diretor-Presidente da Fundação Telefônica Vivo

9:15 – 10:35 Painel – Mais empatia, por favor!, com os palestrantes  Dale Stephens, Monique Evelle, Marcia Tiburi e a moderadora Rosana Hermann – Dale Stephens é fundador do UnCollege, projeto que defende que o aprendizado deve acontecer de forma independente, sem se render ao método tradicional das universidades. Márcia Tiburi é graduada em filosofia e artes e mestre e doutora em filosofia e já publicou diversos livros de filosofia. Monique Evelle é fundadora do Desabafo Social, rede nacional formada por jovens, que atua nas áreas de Direitos Humanos, Infância e Juventude. Rosana Hermann é escritora, roteirista e apresentadora, além de bacharel em Física Nuclear. Escreve sobre tecnologia, vida em rede e atualidades no blog Querido Leitor, no portal R7.

10:35 – 10:55 Palestra – Qual o seu sonho de mudança?, com Edgard Gouveia – Egard Gouveia é especialista em projetos de protagonismo juvenil, cofundador do Elos e criador dos games Oasis e Play The Call. É professor no YIP (Youth Initiative Program) e no MSLS (Master Sustainability Leadership).

11:05 – 11:15 MC (Manual do Mundo) apresenta os conteúdos exclusivos para o streaming – Iberê Thenório e Mari Fulfaro são os criadores do Manual do Mundo: um canal no Youtube que ensina coisas que são legais de aprender – entre experiências científicas, receitas culinárias, mágicas e até pegadinhas para fazer com os amigos!

11:15 – 11:55 Painel 1 – Quem tem conexão….muda o mundo, com Rita Alves, Caio Ishida e Ariel Kogan – Rita Alves é antropóloga e realiza pesquisas sobre juventude, cultura digital, tecnológica e imagética, ativismos e movimentos juvenis. Foi consultora da pesquisa Juventude Conectada, da Fundação Telefônica Vivo. Caio Ishida é homem trans e militante do Juntos!, um movimento nacional de juventude que surgiu no início de 2011, em São Paulo, e vem conquistando a simpatia de jovens de todo o Brasil. E Ariel Kogan é engenheiro industrial, coordenador do #EuVoto e consultor do @AppCivico. É também conselheiro na Open Knowledge International.

12:00 – 13:00 Oficina 1 – Empatia: eu pelos seus olhos, com Claudio Thebas – Claudio Thebas é educador, escritor, palestrante, publicitário e palhaço. É especialista em questões essenciais do relacionamento, como construção da sensação de pertencimento e da confiança.

13:05 – 13:45  Painel 2 – Aprendendo com a rede, com os palestrantes Tainan Piantavinha e  Luciano Meira e a mediadora Ana Lima

Luciano Meira é Ph.D. em Educação Matemática, mestre em Psicologia Cognitiva e bacharel em Pedagogia. É professor de psicologia na UFPE, consultor no C.E.S.A.R e coordenador de Ciência e Inovação da Joy Street. Tainan Piavantinha é estudante de Rádio e TV e integra um projeto de iniciação científica que analisa as representações da mulher por meio da grande mídia brasileira. Participou da Pesquisa Juventude Conectada e da cocriação do R.I.A. Ana Lima é economista e cofundadora do Instituto Paulo Montenegro. Atua em pesquisas sobre educação, juventude e desenvolvimento social. Foi responsável pela pesquisa Juventude Conectada, da Fundação Telefônica Vivo.

13:50 – 14:50 Oficina 2 – Programaê: programe o seu mundo!, com Francisco Isidro Massetto – Fanático por jogos e programação,
Francisco Isidro é professor da UFABC, doutor em Engenharia Elétrica e Mestre em Ciência da Computação. Atua com Game Development, Mobile Computing, High Performance e Cloud Computing.

14:55 – 16:00 Painel 3 – Juventude Conectada: luz, câmera…ação, com Luiz Bolognesi, Riq Lima e Ricardo Terto e a mediadora Carolina de Andrade

Luiz Bolognesi é roteirista e diretor de cinema. Comanda a Buriti Filmes desde 1997, ao lado da cineasta Laís Bodanzky. Dirigiu a série Juventude Conectada, baseada na pesquisa de mesmo nome, realizada pela Fundação Telefônica Vivo. Riq Lima Viajou o mundo trabalhando em hostels em troca de hospedagem. A experiência foi tão marcante que ele criou a Worldpackers, plataforma online que permite ao usuário fazer o mesmo em mais de 90 países. Ricardo Terto, formado em Audiovisual, ganhou prêmio universitário e dirigiu curtas-metragens. Depois da repercussão de seus textos sobre memórias na periferia, passou a escrever constantemente. Hoje, produz o seu primeiro livro. E Carolina de Andrade é diretora Executiva do Social Good Brasil e consultora para Inovação Social no Instituto Comunitário Grande Florianópolis. É Mestre em Tecnologia e Gestão da Inovação e especialista em Empreendedorismo.

16:00 Encerramento

Sobre a Fundação Telefônica Vivo

A Fundação Telefônica Vivo, responsável pelos projetos sociais da Vivo, acredita na Inovação Educativa como forma de inspirar novos caminhos para o desenvolvimento do Brasil a partir da educação. Guiada pela inovação e a disposição em contribuir para a construção de um futuro com mais oportunidades para todos, a Fundação desenvolve projetos que utilizam a tecnologia para gerar novas metodologias de ensino-aprendizagem, estimular o empreendedorismo social e o exercício da cidadania. Com atuação no Brasil desde 1999, faz parte de uma rede formada por outras 17 fundações presentes da Europa e América Latina, integrantes do Grupo Telefónica.

Nossos canais:

Web: fundacaotelefonica.org.br

Email: fundacao.br@telefonica.com

Facebook: /fundacaotelefonica

Youtube: /fundacaotelefonica

Instagram: @ft_brasil

Twitter: @ft_brasil

Telefônica Vivo

Assessoria de Imprensa

Tel. (11) 3430-7020