Infográfico Interativo

20 de julho de 2018

Clique no ícone piscando acima e veja uma possível trajetória dos jovens no tema do empreendedorismo.
icon-1
A jornada do empreendedor pode começar aqui, na infância, a partir de brincadeiras e atividades com amigos.
icon-1
Instituições educativas (escola, ONG, faculdade) podem apresentar o universo do empreendedorismo. Enquanto o jovem descobre mais sobre o assunto, experiências como estágios e trabalhos ajudam a amadurecer ideias de futuros projetos.
icon-1
Uma das principais motivações do jovem que quer empreender é ser o seu próprio patrão e gerar renda. No entanto, ele ainda não sabe muito bem por onde começar e a grana é curta, por isso o planejamento no início pode ser um pouco confuso.
icon-1
Para que a ideia comece a sair do papel, ter sócios costuma ser fundamental. Colegas da faculdade ou alguém próximo podem gerar boas parcerias. Geralmente, é neste momento da vida que os projetos começam a sair do papel e até mesmo gerar renda a curto prazo.
icon-1
Como tudo ainda está no início, momentos de tensão e certas dificuldades são normais. Todo cuidado é pouco com o estresse.
icon-1
Mudanças acontecem ao longo do caminho. Com um planejamento mais bem definido, projetos podem se transformar e até mesmo renascer de outra forma e com sócios diferentes.
icon-1
A busca pelo conhecimento e informações sobre empreendedorismo, gestão, finanças e outros deve ser constante
icon-1
Logo, o jovem vê na prática que é possível empreender, e que os resultados começam a aparecer.
icon-1
Não vai demorar também para se notar que uma ideia pode influenciar outras pessoas e que a iniciativa causa impacto ao seu redor.
icon-1
Com o amadurecimento natural da jornada, as escolhas do jovem empreendedor estão cada vez mais alinhadas com o que ele acredita, aos valores pessoais e propósito de vida.
icon-1
Assim, novos projetos podem começar a surgir e mais pessoas passam a se inspirar e a contar com o jovem empreendedor para iniciarem suas jornadas.


Deixe uma resposta aqui